As páginas infinitas

Image

Cientistas interessados em estudar o poder da escrita, decidiram fazer uma experiência com um autor muito renomado. Pediram para ele escrever um livro sobre o impacto que sua esposa causou nele, enfatizando a importância dele tentar traduzir com detalhes, seus sentimentos. E sua resposta foi:

– É impossível. Idioma algum inventou vocabulários condizentes ao que vivenciei com ela. O significado de qualquer palavra é muito limitado… jamais seriam capazes de conter a profundidade do que senti.

Lamentaram essas condições, assim solicitaram para que ele fizesse o possível para compensar toda essa dificuldade. No primeiro dia, trabalhou arduamente durante 8 horas e ao lerem o conteúdo se impressionaram: Ainda não havia terminado a descrição do minuto, da primeira vez que a viu!

A solução que encontraram foi a de levá-lo para um outro planeta, onde 1 bilhão de anos equivalia a 1 segundo da Terra. No entanto, foi demorado relatar a surpresa de vê-la de repente, o seu jeito de agir, o que pensou ao conhecer seu nome, a expectativa de ser correspondido, cada parte do seu corpo, o estrondo de sua presença… 1 bilhão de anos se passou e ele ainda não havia terminado a descrição da hora, da primeira vez que a viu!

Então, voltaram para Terra e lhe remuneraram com justiça. Deslumbrados com os resultados da pesquisa, um deles comentou:

– Apenas uma hora e uma pessoa bastaram para ele escrever páginas infinitas… Fico imaginando a sua autobiografia.

Anúncios
Esse post foi publicado em Cadernismo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s