O Ar

Image

 

Em um planeta bem distante da Terra,havia uma lenda de que existia algo invisível chamado “Ar” no qual, todos os seres passavam sua existência inteira buscando. Os que não o encontrassem, morreriam após cinco minutos e os que conquistassem-no teriam todos seus órgãos saudáveis, principalmente, o coração, pois reduziriam-se as chances de ataque cardíaco.

Jonas decidiu procurá-lo, mas foi advertido pelo seu amigo.

– Não perca seu tempo, sua jornada não o levará a lugar nenhum.

– É o que a maioria pensa. Porém, para mim, “ter” o Ar é mais importante que qualquer bem material,status,poder,influência,reconhecimento,prestígio…

– E como você espera obtê-lo?

– Respirando!

– Ah para com isso. A respiração não existe! Siga meu conselho: Não acredite em quem a promete!

– Também sou cético, contudo não custa nada tentar.

Jonas conheceu diversas seitas, religiões, sociedades secretas e se decepcionou com todas. As piores foram aquelas que prometiam a “respiração” após a morte, caso durante a vida, o fiel se submetesse a dogmas e pagasse dízimos, sem questionar.

Após anos de luta, conheceu um Guru. Pressentiu que,dessa vez, conseguiria possuir o misterioso “Ar”.

Durante o longo período de convivência com ele, aprendeu bastante sobre a vida, amor, sabedoria, justiça, compaixão e honestidade. No entanto, sua ansiedade era intensa.Assim, não resistiu e pediu:

– Admiro tudo o que você me ensinou,porém desejaria muito conhecer a “respiração”. Passei a vida inteira sonhando com esse dia e estive contigo durante todo esse tempo, porque acreditava que poderia apresentá-la a mim.

– Jonas, sinto lhe informar mas…o senhor sempre respirou! E nesse exato “Agora” também esta.

Jonas se surpreendeu com a revelação.Inconformado disse:

– Não é possível! Esforcei-me tanto em prol de algo tão…vulgar!

– Respirar é vulgar,porém respirar “consciente” não.

Jonas se sentiu recompensado por ter percorrido essa longa jornada. Todavia, passou a ter um novo desejo:

– Sabe…“Ter” o ar é maravilhoso,contudo gostaria de “Ser” o ar.

De imediato,teu Guru o levou ao crematório.Um corpo humano, semelhante ao seu, foi queimado e se fundiu ao “Ar”…Jonas percebeu então, que sempre foi aquilo que sempre procurou. 

Anúncios
Esse post foi publicado em O país. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s