Parábolas da Grande batata(Amiga,Amante,GP,Esposa)

Image

Carlos:Gostaria de ser minha esposa?

Isabela:Nem te conheço,o que eu ganharia com isso?

Carlos:Sou de uma família tradicional e eles não toleram divórcio.Assim decidi me casar com uma mulher fresca que não sinto nada,mas que se corresponde com toda hipocrisia que pretendo manter.

Isabela:Entendo.Também sou escrava de aparências e adoraria ser vista como uma mulher bem sucedida no casamento.

Em seguida,Carlos vai ao privê…

Carlos:Quanto é?

GP: 200 reais.

Após o programa, vai visitar uma que nunca cobrou…

Carlos:Sou noivo de uma tal de Isabela, mas estou apaixonado por você.Aceitaria ser minha amante?

Amante 1: Mas por que você não quis se casar comigo?

Carlos: Sinto vergonha de você e a sociedade nojenta que eu pertenço não te aceitaria.

E por fim,Carlos se encontra com Helena…

Carlos:Somos muito parecidos,você é atenciosa e jamais me julga.Nunca conheci alguém que me compreendesse tanto. Gostaria de ser minha amiga?

Helena: Sim.

Dois anos depois…

Carlos: Terminei com a minha amante 1.A paixão foi embora e decidi substitui-la.

Helena: Posso ser sua amante 2?

Carlos:Não,pois te considero muito feia.Nunca senti tesão por você.E nem pense em ser minha esposa,porque você não serve para manter a minha reputação e prestígio.

20 anos depois…

Carlos: Adorei trocar de amantes a cada 2 anos e conhecer excelentes GP.Estou casado até hoje e todos me admiram por eu ter mantido-o firme.E a nossa amizade resistiu a tudo,né?

Helena:É verdade.

Carlos:Já deu para aproveitar das amantes,a partir de agora vou ficar apenas com as GP.

60 anos depois,os médicos descobriram uma doença fatal e ele só tinha mais um dia de vida…

Carlos:Olá Helena!

Helena: Os médicos estão estranhando, pois sua esposa não veio te visitar.

Carlos: É porque ela esta ensaiando a encenação para o enterro de amanhã.Ela não sabe se conseguirá fingir estar chorando a minha morte.E não apareça! Não quero que ninguém saiba que você é minha amiga,entendeu?

Helena:Prometo que não irei.

Carlos:Hoje foi horrível.Somente pessoas falsas vieram me visitar,interessadas apenas em “manter as aparências”…você é a única pessoa real que passou na minha vida.

Conforme o prometido,Helena ficou em casa e deixou Carlos ser visto como gostaria de ser.Sua esposa,Isabela,fingiu muito bem estar sofrendo e seus “amigos” e “conhecidos” também interpretaram.

Isabela morreu muitos anos depois.Durante a vida,foi muito respeitada pela sua sociedade,pessoas invejosas não se conformavam com o sucesso de seu “casamento” e é lembrada como a “sortuda” que desposou um homem cobiçado,nunca se traíram e nem se divorciaram.

As GP desfrutaram do dinheiro e se lembram razoavelmente do que gastaram,porém não do cliente Carlos que pagou-as honestamente.

Já as amantes o esqueceram, assim que se apaixonaram outra vez.

E Helena se suicidou alguns dias após sua morte,pois para ela…a vida sem Carlos não tinha sentido.

Anúncios
Esse post foi publicado em Parábolas da Grande Batata. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Parábolas da Grande batata(Amiga,Amante,GP,Esposa)

  1. Marcelo disse:

    Legal!

  2. rodolfogatti disse:

    Obrigado Marcelo!

    Fico feliz por você ter lido,valeu mesmo pela atenção

    Abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s